Escorial

Escorial

Situado a cerca de 50 km de Madrid, em Espanha, junto da aldeia de El Escorial, constitui um monumento ao poder do império espanhol e a sua construção, em 1563, deve-se a Filipe II.

Escorial

É fruto de uma ação de graças que Filipe II dirigiu a São Lourenço depois da batalha de St. Quintin, no Norte de França, em 1557. Parece, contudo, que o motivo principal foi a necessidade de erigir um edifício que albergasse o túmulo de seu pai Carlos I, conforme este tinha expresso no testamento. Para além destes dois objetivos pretendia criar-se uma vivenda-palácio para descanso do rei. O arquiteto responsável foi Juan Bautista de Toledo, mas à morte deste em 1567 a obra é entregue a Juan de Herrera, que a finalizou em 1584. Mais tarde foi ampliado com a criação de um mosteiro para albergar monges jerónimos tornando-se no maior mosteiro de Espanha.

Escorial

 

Para homenagear São Lourenço elaborou-se uma planta em forma de grelha, lembrando o seu instrumento de martírio.A basílica inspira-se em São Pedro de Roma. Exteriormente é um edifício sóbrio de rigoroso classicismo, mas no interior a decoração é surpreendente, destacando-se a coleção de pintura hagiográfica. À direita e à esquerda da capela-mor encontram-se os cenotáfios de Carlos V e de Filipe II.

Escorial

Cúpula da Basílica de El Escorial.
A cúpula da basílica tem 17 metros de diâmetro. A altura total do ponto mais elevado da cruz em relação ao solo é de 95 metros.

Debaixo do coro encontra-se o panteão real, iniciado em 1617 e finalizado em 1645, de planta octogonal, onde descansam 26 soberanos.Do conjunto monástico destacam-se os claustros e pátios, as salas capitulares e a biblioteca, pela sua dimensão e beleza decorativa.

info: http://www.infopedia.pt/$escorial

 

 

Share this post

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Add your comment

Your name:
Subject:
Comment: