O Leão de Veneza

Leão de Veneza

Rezam os escritos que S. Marcos foi martirizado e enterrado em Alexandria, no Egipto. A sua ligação a Veneza remonta à lenda que afirma que, em 828, alguns mercadores venezianos roubaram o seu corpo, em Alexandria, e levaram-no para Veneza, altura em que a cidade o adotou como patrono. Em 1063 construíram uma sumptuosa basílica, que substituiu a capela original, e Veneza adotou também o leão alado de São Marcos Evangelista como símbolo para o seu escudo de armas. As asas do animal reportam-se ao seu papel de mensageiro.

Este Leão está omnipresente por toda a cidade. Curiosamente, o leão é representado com uma pata sobre um livro aberto (o Evangelho) ou fechado. Segundo a tradição, quando o livro está aberto, significa que o trabalho escultórico foi realizado num período em que a cidade estava em paz.

Leão de Veneza

O livro aberto - sinal de paz

Por outro lado, quando o livro se encontra fechado, a cidade estava em guerra.

Leão de Veneza

O livro fechado - sinal de guerra!

Share this post

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Add your comment

Your name:
Subject:
Comment: